Entenda o que são e como evitar os chargebacks

Quando o dono do cartão de crédito liga para o banco e solicita o cancelamento de uma compra, ocorre um chargeback.

Obviamente, os bancos não fazem o chargeback por qualquer motivo. No geral as únicas formas de solicitar um chargeback são:

Insatisfação com o produto / serviço, e o vendedor se recusa a fazer o reembolso
Cartão de crédito foi clonado

No caso da Kiwify, o mais comum é a primeira opção, insatisfação com o produto e impossibilidade de reembolso.

Os chargebacks são uma espécie de reembolso forçado. Mas muito pior que um reembolso, pois existem limites de taxa de chargeback, determinado pelas bandeiras (Visa e Mastercard), e se um vendedor passar desse limite podem ser aplicadas multas ou até descredenciamento.

Porque os chargebacks podem acabar com o seu negócio

Se a sua conta tem uma taxa de chargeback acima de 1.5%, a Kiwify pode ser obrigada a parar de processar pagamentos para você.

As bandeiras de cartão de crédito (Visa, Mastercard) determinam limites de chargeback (1.5%), que a Kiwify como plataforma é obrigada a seguir.

É muito melhor fazer um reembolso para os seus clientes, do que levar um chargeback. Isso porque não há limite no número de reembolsos. Mas há limite de chargebacks.

Como evitar chargebacks

Se um cliente pedir o reembolso, faça o reembolso sem enrolação.

Não importa se você já entregou o produto ou mentoria. É melhor fazer o reembolso e encarar isso como um custo do negócio.

É saudável ter 5-10% de taxa de reembolso.

O principal problema que vemos na Kiwify são contas que se recusam a fazer o reembolso (porque o cliente já "recebeu o e-book / curso / mentoria"). Essas contas geralmente acabam sendo bloqueadas por causa do limite de chargeback de 1.5%.

Veja um exemplo de uma conta com chargeback alto, e reembolso baixo:



Quanto o produtor se recusa a fazer reembolsos, a taxa de chargeback acaba subindo. Isso porque os seus clientes vão ficar revoltados, ligar no banco, e conseguir o dinheiro de volta de qualquer jeito.

Portanto, é muito melhor dar o reembolso de forma rápida, do que ser penalizado(a) com chargebacks.

Veja o exemplo de uma conta saudável, com chargeback baixo, e reembolso maior:



Chargebacks por fraude (cartão clonado)

Alguns dos seus clientes vão fazer a compra com cartão clonado. Isso é inevitável com o tempo.

Por mais que a Kiwify tenha um sistema anti-fraude, é difícil evitar fraudes pequenas e individuais, então você deve esperar tomar pelo menos 0.5% de chargebacks por fraude. É completamente normal.

Existem alguns nichos que tem uma taxa de fraude muito alta, por exemplo, venda de seguidores, close friends sensual, etc... Por isso não aceitamos produtos dessas categorias.

Como ver a minha taxa de chargeback?

Você pode ver a sua taxa de chargeback na tela inicial do dashboard. Você precisa selecionar um período de pelo menos 30 dias para ver os chargebacks.



Recomendamos monitorar o chargeback dos últimos 30 dias e dos últimos 60 dias.

O acontece se a minha taxa de chargeback estiver muito alta?

Você pode ser contatado pela nossa equipe, solicitando que pare de vender os seus produtos pela nossa plataforma.

Além disso, dependendo da taxa de chargeback, podemos bloquear todo o seu saldo, ou uma parte do saldo, por até 120 dias.

Isso porque os chargebacks podem chegar até 120 dias após a venda (a maioria no primeiro mês), e não podemos correr o risco da conta ficar no negativo.
Este artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!